Você vai a um estabelecimento e, na hora de pagar, observa uma mensagem escrita “Discando 1, 2” ou “Processando 1, 2”. No mundo físico, a máquina faz o processo de re-tentativas para concluir o pagamento, assim a venda não é perdida.

Nos pagamentos online, é relativamente comum que uma transação não seja aprovada sem motivo concreto. Isso ocorre pois, para ser aprovado, um pagamento passa por diversos servidores. Primeiro uma requisição é enviada até servidor da adquirente, depois vai ao servidor do banco emissor do portador do cartão e, por fim, chega no servidor da bandeira. Depois, faz o caminho inverso. Contudo, pode ser que haja alguma sobrecarga, falha ou indisponibilidade em algum desses pontos. Assim, o Gateway de Pagamentos iPag recebe uma mensagem de transação não-autorizada ou erro não-identificado.

A fim de recuperar essa venda, o iPag realiza uma nova tentativa utilizando a mesma adquirente ou uma outra. Tudo isso de forma ágil, automática e transparente. Ou seja, o cliente não percebe que a re-tentativa está sendo realizada.

Tudo isso é definido conforme as preferências do Estabelecimento Comercial. E o melhor! O procedimento de re-tentativas aumenta em mais de 10% a taxa de conversão.

Deixe uma resposta

Fechar Menu